CLIQUE E CONHEÇA A ATUAÇÃO DO VEREADOR MAGNO LIMA, "O TRABALHO QUE VOCÊ VÊ"

terça-feira, 31 de julho de 2012

CEMITÉRIO ATINGIDO NA CHEIA EM FILADÉLFIA NÃO TIVERAM CORPOS REMOVIDOS, PREFEITURA CULPA CESTE

Impactos em consequência da enchente da Usina de Estreito causa desconforto aos moradores de Filadélfia.
Cemitério de Filadélfia foi invadido pela água.
(Foto:Lourenço Bonifácio)

O secretário de Administração de Filadélfia, Charlles Araújo, informou ao Portal T1 Notícias, que a remoção do cemitério público da cidade, que foi atingido pela cheia da Usina de Estreito ainda não tem previsão para acontecer. De acordo com as informações repassadas por Araújo, a transferência é de responsabilidade do Ceste, que ainda não fez a remoção.

“Já procuramos o Ceste várias vezes para fazer a remoção, eles dizem que irão fazer, mas até agora nada foi feito”, disse.

O secretario informou também, que a prefeitura estar fazendo um levantamento de todas as áreas atingidas e somente depois tentará uma pareceria com o governo federal com a finalidade de executar as mudanças.

“Fizemos de tudo, corremos atrás do Ceste, mas eles não resolveram os problemas dos impactos, foi assim em relação a praia que ainda continua da mesma forma e com o cemitério também, então após o levantamento que estamos fazendo, vamos tentar uma parceria com o Governo Federal para fazer a remoção do cemitério e cuidar de outras áreas que também foram impactadas”, finalizou.

Entenda

A cidade de Filadélfia sofreu mais um impacto em conseqüências da enchente da Usina de Estreito. Desta vez, o problema é no único cemitério público da cidade que precisa ser removido do seu lugar. A informação já havia sido repassada ao Portal T1 Notícias, em março deste ano, por moradores e confirmada na mesma época durante visita do Portal à cidade de Filadélfia.

O cemitério, segundo as informações, precisa ser removido por que em volta do local formou um lago devido à cheia do lençol freático do Rio Tocantins. O lençol subiu após a cheia da Usina.

Moradores reclamam
Na época, a vice-presidente da Associação dos Atingidos pela Usina de Estreito - AABE, de Filadélfia, Rosângela Maria Aires dos Santos, informou que crianças fazem uso do local para tomar banho. "Hoje estamos vivendo uma calamidade pública, o que está acontecendo aqui é um absurdo, pois crianças e até adultos tomam banho nessa lagoa que passa pelo cemitério". Toda a parte de baixo da cidade está atingida com esse problema, você pode ver pelo mal cheiro que há nas ruas e casas, mas o pior é que o Ceste não tem dado posição nenhuma sobre o caso", desabafou.
Fonte:T1Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Leia a Biblia
"Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto ".Isaias 55:6
"Felicidade é a harmonia entre pensar, falar e agir. Meu Senhor… Ajuda-me a dizer a verdade diante dos fortes e a não dizer mentiras para ganhar o aplauso dos débeis.” Mahatma Gandhi

POSTAGENS MAIS VISITADAS: