CLIQUE E CONHEÇA A ATUAÇÃO DO VEREADOR MAGNO LIMA, "O TRABALHO QUE VOCÊ VÊ"

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

ASSALTO AO BANCO DA AMAZÔNIA DE BALSAS


O Banco da Amazônia da cidade de Balsas, distante 818 Km de São Luís, foi assaltado  na manhã desta quinta-feira (13).

Logo nas primeiras horas da manhã, a gerente do banco e sua família foram sequestrados. Além deles, o tesoureiro do banco também foi feito refém.

De acordo com as primeiras informações, eram seis assaltantes, fortemente armados. Eles estavam em um Voyage preto. Ação no banco começou às 9 horas, no horário de abertura.

Eles não efetuaram nenhum disparo. Os reféns foram liberados no povoado Angelin, que fica a 22 Km do centro de Balsas, próximo a BR 230 que dá acesso a Imperatriz.

O valor levado pelos assaltantes não foi divulgado.

Policiais Civis e Militares estão no local.

As informações são dos repórters Andressa Miranda e Cantidiano Freitas.

MINISTÉRIO ENVIA VACINAS AO MARANHÃO NA TENTATIVA DE CONTER SURTO DE MENINGITE

Agência Brasil
O Ministério da Saúde enviou 22 mil doses de vacina contra a meningite A e C ao Maranhão na tentativa de conter o surto da doença no estado. O último balanço da Secretaria de Saúde aponta 34 notificações de meningite C, sendo nove casos confirmados, além de cinco mortes.

De acordo com o ministério, uma equipe técnica de vigilância já está no Maranhão e investiga casos de meningite em cinco municípios da região sul do estado – Sambaíba, Loreto, São Raimundo das Mangabeiras, Balsas e Feira Nova do Maranhão.

A orientação é que pessoas que tiveram contato com pessoas infectadas ou vivem em áreas de surto sejam medicadas com antibiótico rifampicina. A indicação é que o uso seja feito logo nas primeiras 48 horas. O governo do Maranhão, segundo o ministério, tem estoque suficiente do medicamento para atender à população do estado.

“Essas ações são a forma eficaz de evitar a propagação de novos casos entre pessoas que tiveram esse contato próximo ao paciente infectado impedido a expansão do surto”, informou a pasta, por meio de nota.

Nesta terça(11), um helicóptero de resgate do Grupo Tático Aéreo chegou ao município de Balsas para auxiliar nas ações de enfrentamento à meningite. A aeronave, equipada com uma miniunidade de terapia intensiva fará o transporte  de pacientes com quadro clínico que exija remoção imediata e seguirá para a cidade de Imperatriz. 

domingo, 9 de setembro de 2012

SOBE PARA CINCO O NÚMERO DE MORTOS POR MENINGITE NA REGIÃO SUL DO MARANHÃO

Último óbito foi verificado neste domingo, em Sambaíba. Segundo a SES, 34 casos estão sendo investigados em cinco municípios


Mais um caso de óbito ocasionado por meningite foi registrado neste domingo (9) em Sambaíba, cidade localizada a aproximadamente 800 quilômetros da capital, na região sul do Estado. Ao todo, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) contabilizou cinco mortes na região.

Apesar dos números, segundo nota encaminhada à imprensa e divulgada neste domingo (9), a secretaria informa que o Ministério da Saúde (MS) não considera haver uma epidemia da doença nos municípios da região sul maranhense, embora 34 casos estejam sendo investigados nos municípios de Sambaíba (19), Loreto (7), São Raimundo das Mangabeiras (5), Balsas (2) e Feira Nova do Maranhão (1), sendo cinco o número de mortes atribuídas à doença.

De acordo com subsecretário de Estado de Saúde, José Marcio Leite, todas as medidas necessárias estão sendo tomadas. Atualmente, as pessoas que tiveram contato com os pacientes estão sendo tratados com antibióticos. Hoje, a SES tem um estoque de 10 mil cápsulas.

O subsecretário de Saúde também informou que a vacinação da população é uma decisão do Ministério da Saúde, tomada somente após a confirmação da ocorrência de epidemia - quando a curva endêmica ultrapassa o limite de 10 casos registrados por município. Segundo ele, atualmente, cinco análises estão sendo feitas no Laboratório Central (Lacen), em São Luís, para a confirmação de casos suspeitos.

Técnicos da Secretaria e do Ministério da Saúde estão na região, mantendo sob vigilância os casos já confirmados e fazendo o tratamento recomendado pelo MS.
Fonte:G1

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

SINDICATO DE PRODUTORES RURAIS DE BALSAS REALIZARÁ SEMINÁRIO SOBRE AGRICULTURA DE PRECISÃO


Seminário sobre Agricultura de Precisão Acontecerá no dia 10/09/12.


O tema Agricultura de Precisão – AP é trabalhado no Brasil a mais de uma década e atualmente situa-se em expansão no setor agropecuário. São diversas tecnologias embarcadas em máquinas ou não, que auxiliam os produtores rurais na aplicação de fertilizantes e defensivos agrícolas de forma diferenciada em cada área e cultura da propriedade. Contudo, a expansão destas tecnologias de AP no País tem ocorrido de forma pontual e sem uma padronização conceitual, que baliza todas as ações no tema.
 Alguns produtores, por exemplo, tem adquirido serviços, máquinas e implementos sem entender como usá-los a favor de uma produção e ciente, com redução na aplicação de insumos e diminuição nos custos de produção. Neste sentido, o Sistema CNA/SENAR propõe a realização de seminários sobre os conceitos e a aplicação de AP nas principais regiões produtoras do Brasil, colaborando na disseminação do conhecimento nesta área, em parceria com empresas de pesquisa e do setor privado, proporcionando a organização de ações nas diferentes instituições.

Detalhes do evento

Quando

10/09/2012
das 08:30 até 16:20

Onde

Balsas, MA

Nome do Contato

Sindicato de Produtores Rurais de Balsas

Telefone do Contato

(99) 3541-0890

Participantes

Produtores rurais, técnicos, profissionais e pessoas interessadas no tema.

Adicionar evento ao calendário

SENAR-AP_BalsasMA
Objetivo geral: Desmistificar o conceito e divulgar as tecnologias da Agricultura de Precisão em diferentes regiões produtoras do País.


quarta-feira, 5 de setembro de 2012

SUSPENSA DECISÃO DO TRE-MA QUE DESCUMPRIU JULGAMENTO SOBRE FICHA LIMPA

Decisão do TRE-MA que liberou candidato ficha suja foi anulada pelo STF.
O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu pedido de liminar para a Coligação “Trabalho e Paz”, que disputa as eleições majoritárias ao cargo de prefeito do município de Bom Jardim, no Maranhão. Por meio da Reclamação (RCL) 14451, a coligação pedia a suspensão dos efeitos do acórdão do Tribunal Regional Eleitoral maranhense (TRE-MA), segundo o qual a Lei Complementar 135/2010 (Lei da Ficha Limpa) não se aplica a fatos anteriores.

Para a autora, houve afronta à autoridade do STF. Segundo ela, teria sido desrespeitada decisão do Supremo tomada nas Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADCs) 29 e 30, ambas do Distrito Federal, que validaram a Lei da Ficha Limpa.

Conforme a coligação, o TRE-MA assentou nesse acórdão que a LC 135/2010 não se aplica a fatos pretéritos. A decisão questionada refere-se ao julgamento de um recurso em registro de candidatura de Humberto Dantas dos Santos, conhecido como Beto Rocha, para as Eleições 2012. A decisão da Corte maranhense reformou sentença de primeiro grau que havia aplicado ao caso a Lei da Ficha Limpa.

A Coligação “Trabalho e Paz” afirmou que a inelegibilidade surgiu durante as Eleições de 2008, uma vez que o candidato teria praticado captação ilícita de sufrágio, sendo condenado por decisão colegiada da Justiça Eleitoral, “na sanção do art. 41-A da Lei 9.504/97”.

Deferimento
Nesta primeira análise dos autos, o relator observou que “o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão sufragou a tese de que a Lei da Ficha Limpa não se aplica a fatos pretéritos porquanto ‘àquele tempo, sequer existia a hipótese de inelegibilidade hoje invocada, uma vez que a alínea 'j' do inciso I do artigo 1º da Lei da inelegibilidade, é inovação legislativa oriunda da Lei Complementar 135/2010 (Lei da Ficha Limpa)’”.

Na instância de origem, de acordo com o ministro Ricardo Lewandowski, o candidato foi condenado por captação ilícita de sufrágio. “Por não ter sido eleito em 2008, não teve diploma cassado, mas recebeu multa no valor de R$ 53.205,00, posteriormente reduzida pelo Tribunal Regional para R$ 1.064,10“, recordou.

“Desse modo, em um exame prefacial desta reclamação constitucional, verifico que o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão afrontou a autoridade da decisão do Supremo Tribunal Federal, nos autos das Ações Declaratórias de Constitucionalidade 29 e 30, ambas do Distrito Federal, que validaram a Lei Complementar 135/2010, denominada “Lei da Ficha Limpa”, confirmando, pois, no mérito, o entendimento adotado pelo Tribunal Superior Eleitoral nas Eleições Gerais de 2010”, avaliou o relator.

Por essas razões, o ministro Ricardo Lewandowski deferiu o pedido liminar para suspender os efeitos do acordão contestado na reclamação, “sem prejuízo de melhor exame da questão, por ocasião da apreciação do mérito”.


EC/AD

terça-feira, 4 de setembro de 2012

ANATEL DIVULGA MUNICÍPIOS ONDE LIGAÇÃO DE ORELHÃO DA OI SERÁ GRÁTIS

Riachão poderá usufruir de ligações gratuitas realizadas de orelhão da Oi, até dia 31 de Outubro
Riachão consta na lista divulgada pela Anatel, portanto as ligações de orelhões da concessionária Oi deverão ser gratuitas. Na maioria das vezes quando se consegue um ato benéfico para a população e na forma de penalizar  as concessionárias, como neste caso, dificilmente a execução da penalidade terá êxito, veja bem, segundo a Anatel a medida foi tomada em virtude de problemas nos aparelhos, como então os cidadãos irão utilizar os mesmos? 

Como no Maranhão tudo pode acontecer, não duvido que seja possível um cidadão fazer uma ligação nestes aparelhos que muitas vezes nem existem.Como!... não sabemos.

No Maranhão se ver de tudo, mesmo que seja nos contos de fadas de alguns, ou no jeitinho  maranhense que deixa muitos atônito com o que se ver, se tratando de justiça é uma beleza vamos ver se a medida garante que os usuários se utilize do benefício no período estipulado que será até dia 31/10/12. Se conseguirem aproveitem bem riachoenses.

 A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou hoje a lista de municípios onde as ligações realizadas de orelhões da concessionária Oi deverão ser gratuitas.

A medida atinge 2.020 municípios, e foi tomada em virtude de problemas nos aparelhos. Segundo a agência, muitos telefones estão quebrados ou são insuficientes para atender às demandas locais.

As 1.724 cidades onde o principal problema são os telefones quebrados estão concentradas em nove Estados: Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Paraná e Sergipe. Nesse caso, a gratuidade permanecerá pelo menos até 30 de outubro, quando poderá ser suspensa, caso a concessionária atinja pelo menos 90% de funcionalidade dos equipamentos hoje considerados defeituosos.

Nos municípios restantes, a constatação da Anatel é que a quantidade de orelhões não é suficente para a quantidade de pessoas que deles necessitam. A meta da agência para a densidade de aparelhos é de quatro telefones para cada 1.000 habitantes - ou a cada 300 metros. Além disso, comunidades que concentrem pelo menos 100 pessoas devem dispor de pelo menos um aparelho. Nessas cidades, que estão espalhadas por 21 Estados, a gratuidade da concessionária deverá durar no mínimo até 31 de dezembro.

De acordo com Jarbas Valente, vice-presidente da Anatel, a agência realizou em 2011 um levantamento da situação dos telefones públicos no Brasil, e constatou que, em alguns Estados, menos de 50% dos equipamentos estavam em condição de serem utilizados. Existem hoje cerca de 40 mil orelhões no País, sendo que 22 mil deles são o único meio de comunicação do local onde estão instalados.

Com isso, em agosto do ano passado, a Anatel deu início ao Plano de Revitalização da Telefonia de Uso Público, do qual faziam parte exigências de reparos nos orelhões e melhorias nos sistemas de supervisão. Para a Oi, o prazo de conclusão do plano havia sido estabelecido para o dia 30 de junho de 2012. Segundo a Anatel, os planos de revitalização dos orelhões das companhias representam investimentos de R$ 205 milhões. Valente afirma que apenas a Oi deve desembolsar aproximadamente R$ 170 milhões.

No entanto, apenas Sercomtel, CTBC e Telefonica/Vivo cumpriram os cronogramas, já tendo mais de 90% do sistema em funcionamento. A Embratel também excedeu o prazo, mas já foi punida da mesma maneira em abril deste ano.

Para ver a lista completa dos municípios onde valerá a gratuidade, clique e acesse http://migre.me/azDoj

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

CESTE FAZ CAMPANHA DE ALERTA SOBRE CRIME AMBIENTAL EM ÁREA DE SEGURANÇA

A área de um quilômetro (1 km) a jusante (abaixo) e a montante (acima) da Usina de Estreito, no Rio Tocantins, visada por pescadores, tem sofrido diversas tentativas de invasões e de atos criminais


O Consórcio Estreito Energia (CESTE), no intuito de erradicar os crimes ambientais referentes à pesca e caça predatória praticados na área de segurança da Usina Hidrelétrica Estreito (UHE Estreito), vem realizando  ações de prevenção, por meio de placas de sinalização, boias de contenção e a intensificação da   fiscalização   contra este tipo de irregularidade. 

A área de um quilômetro (1 km) a jusante (abaixo) e a montante (acima) da Usina de Estreito, no Rio Tocantins, visada por pescadores, tem sofrido diversas tentativas de invasões e de atos criminais, o que é expressamente proibido, de acordo com a redação do artigo 3º da Instrução Normativa Interministerial do Ministério da Pesca e Aquicultura juntamente com o Ministério do Meio Ambiente (MPA/MMA) de número 13 do dia 25 de outubro de 2011. 

Vale ressaltar que apesar das boias de contenção, placas de orientação instaladas pelo CESTE, e da ampla divulgação da irregularidade da invasão desta área de segurança, o Consórcio tem registrado a presença constante de invasores na região.

No referido trecho compreendido de 1km da área de segurança da Hidrelétrica, o CESTE esclarece que é terminantemente proibida, em qualquer época do ano, a pesca de qualquer categoria, bem como o acesso de pessoas não autorizadas, considerando os riscos envolvidos na área de operação dos equipamentos e na área de descarga de grande volume de água (vertedouro),   devido às ações de operação hidráulica da usina.

Alerta de invasão

No intuito de reverter o transtorno ocorrido nas proximidades da Casa de Força e do Vertedouro da UHE Estreito, o CESTE continuará  com as ações de    conscientização para pescadores e barqueiros da comunidade de Estreito (MA), Aguiarnópolis e Palmeiras do Tocantins (TO) e comunidade em geral, bem como ações de fiscalização  para evitar o acesso as áreas de segurança da usina. A ideia é alertar sobre a importância de não invadir estas áreas,   evitando assim riscos de acidentes e mortes, e também de possíveis penalidades criminais.

O CESTE ressalta que em casos de resistência do infrator, a Polícia Militar do Maranhão, ou do Tocantins, dependendo da circunscrição que o fato ocorra, será acionada imediatamente e o transgressor será encaminhado para a delegacia e responderá judicialmente pelo crime.

A comunidade também pode colaborar no combate ao crime ambiental, sem ter sua identidade revelada, realizando denúncias sobre infrações ambientais a qualquer hora, por meio do telefone do CESTE 0800-280 91 91. A ligação é gratuita.

Ascom/CESTE


domingo, 2 de setembro de 2012

RIACHÃO VOTE CONSCIENTE...AJUDE A TRANSFORMAR A SUA CIDADE

Você veria o boletim de seus filhos só uma vez a cada 4 anos?
Você controlaria a sua conta bancária só uma vez a cada 4 anos?
Você conferiria as vendas de seu negócio só uma vez a cada 4 anos?

Controle os políticos antes e depois das eleições ou eles controlam você...vote consciente...diga não ao voto de cabresto, ajude a transformar a sua cidade.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Leia a Biblia
"Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto ".Isaias 55:6
"Felicidade é a harmonia entre pensar, falar e agir. Meu Senhor… Ajuda-me a dizer a verdade diante dos fortes e a não dizer mentiras para ganhar o aplauso dos débeis.” Mahatma Gandhi

POSTAGENS MAIS VISITADAS: