CLIQUE E CONHEÇA A ATUAÇÃO DO VEREADOR MAGNO LIMA, "O TRABALHO QUE VOCÊ VÊ"

sábado, 14 de julho de 2012

BELEZAS NATURAIS FORMAM ESPETÁCULO NO CERRADO MARANHENSE

Municípios de Riachão e Carolina iniciam o roteiro do ecoturismo no Estado. A ordem é aliar turismo e sustentabilidade nos 30 atrativos turísticos.

A tranquilidade das cidades de Riachão e Carolina, abre caminhos para o roteiro emocionante pelo cerrado no sul do Maranhão. Na última reportagem da série sobre as belezas naturais maranhenses e do Tocantins, o repórter Gil Santos destacou o ecoturismo. As atrações incluem o Encanto Azul, uma nascente de águas cristalinas e o Santuário Ecológico de Pedra Caída.

O corredor natural do ecoturismo impressiona os visitantes. "É maravilhoso. Só acho que tem que ser mais divulgado porque é muito bonito e pouco explorado turisticamente" disse a advogada Maria Ana Guimarães.

São mais de 30 atrativos turísticos, parte deles protegidos pelo Parque Nacional das Chapadas das Mesas, a exemplo das cachoeiras do Prata e do São Romão.

Para chegar até esses rincões, turistas e maranhenses precisam enfrentar 80km de estradas de terra, para descobrir verdadeiros paraísos no meio da Chapada.

Contudo, por causa da exploração desordenada durante muito tempo, a palavra de ordem é a sustentabilidade. Os turistas podem, hoje, contemplar e desfrutar dos espaços, mas com a orientação e o acompanhamento de guias de turismo que reforçam a preservação ambiental.

Paradas obrigatórias durante o passeio

Mais de 800 metros por um quênion levam a um outro cenário singular: a cachoeira conhecida como Santuário. "Esse é o nome mais apropriado e para quem curte o ecoturismo, esse é um dos lugares mais indicados. Vale a pena", relatou o técnico da Recieta Estadual, José Ribamar Amorim.
Durante o passeio, uma parada para um mergulho na Cachoeira da Caverna ou para um salto na Cachoeira do Macaco. “A impressão é das melhores. Com certeza a gente vai voltar, relexar, descansar mais”, disse o empresário Márcio Pereira Coutinho.

Para quem prefere emoções ainda mais fortes o desafio é a tirolesa. São 942 metros da base até o topo da passarela, onde fica a saída para a tirolesa. A partir de então existe uma queda de 1.200 metros de extensão e mais de 200 de altura.
Cada item de segurança é cuidadosamente checado antes de cada salto. Durante a descida a quase 90 quilômetros por hora é possível ter uma visão privilegiada da beleza do cerrado.

A 28 km da cidade de Riachão existe um dos lugares mais encantadores do cerrado maranhense. São quatro grandes quedas d’água no Rio Cocal, mas nada se compara à beleza do Poço Azul. No período de junho a setembro, com as águas mais claras, os raios do sol refletem nas rochas de calcário no fundo do poço, dando um tom azulado à água.

Mas antes de encerrar a viagem, mais um desafio. Uma caminhada de 200 metros exige muito esforço, mas a recompensa é compensadora diante do Encanto Azul, uma nascente de águas tão cristalinas que dá para ver o movimento dos peixes entre as rochas. Os raios do sol que encontram uma brecha na vegetação transformam o azul das águas num cenário apaixonante, um espetáculo da natureza que faz do cerrado maranhense uma grande aventura.

Acompanhe a reportagem completa clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Leia a Biblia
"Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto ".Isaias 55:6
"Felicidade é a harmonia entre pensar, falar e agir. Meu Senhor… Ajuda-me a dizer a verdade diante dos fortes e a não dizer mentiras para ganhar o aplauso dos débeis.” Mahatma Gandhi

POSTAGENS MAIS VISITADAS: