CLIQUE E CONHEÇA A ATUAÇÃO DO VEREADOR MAGNO LIMA, "O TRABALHO QUE VOCÊ VÊ"

sexta-feira, 27 de abril de 2012

HIDRELÉTRICA DE ESTREITO VAI CONCLUIR OBRA E GERAR 1.087 MW DE ENERGIA ATÉ DEZEMBRO

Agência Hoje/UHE Estreito/Arquivo
Com cinco unidades de geração de energia em funcionamento,
 UHE Estreito promete montar a 8ª e última até dezembro
A Usina Hidrelétrica de Estreito está direcionando todos os trabalhos das equipes para a instalação e funcionamento das três últimas turbinas das unidades de geração, permitindo a conclusão dos serviços e a produção de 1.087 MW de energia elétrica até dezembro. O volume será suficiente para atender uma população de quatro milhões de habitantes.

Das oito unidades geradoras da hidrelétrica, cinco já estão em funcionamento pleno, alcançando uma produção nominal assegurada de 640 MW de energia. A ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) autorizou, em março, que a quinta unidade entre em operação comercial, passando a atender o consumidor final.

Com a aprovação da ANNEL, o consórcio de Estreito decidiu acelerar os trabalhos de conclusão das três unidades geradoras restantes. Cada unidade geradora é formada por uma turbina hidráulica modelo Kaplan, a mesma utilizada em outras hidrelétricas do Brasil, como a de Três Marias, em Minas Gerais.

O objetivo é entregar as oito unidades previstas no projeto original da hidrelétrica até dezembro deste ano. “Com a entrada em operação da Unidade 5, atingimos nominalmente a energia assegurada da UHE Estreito, que é de 640 MW”, explicou o gerente geral de obras da Usina, Adalberto Rodrigues. “Estamos em ritmo de obra para concluir a última unidade geradora, ainda este ano”.

A conclusão da hidrelétrica significa o final da obra de maior porte do Tocantins, depois da Usina de Lajeado. A sua produção será de 1.087 MW de energia que poderá atender a demanda de grandes indústrias próximas ou ser encaminhada para outras regiões, através das redes de interligação administradas pelo ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico).

No auge da construção, a hidrelétrica de Estreito chegou a manter 22 mil trabalhadores, divididos entre duas frentes de serviço, nas cidades de Aguiarnópolis, no Tocantins e de Estreito, no Maranhão. Agora, depois de pronta, o quadro fixo deverá ser reduzido para um máximo de 200 funcionários, todos especializados.

O reservatório da usina ocupa uma área de 555 quilômetros quadrados, incluindo a calha do rio Tocantins. Os dados são da própria companhia. A UHE Estreito é controlada por quatro grandes grupos econômicos, GDF Suez, majoritário em outras hidrelétricas na Europa e no Brasil, Vale, Alcoa e Camargo Corrêa Energia.

A administração ficará a cargo da Tractebel Energia, empresa pertencente ao Grupo Suez e responsável também por mais oito hidrelétricas no Brasil, sendo duas delas no rio Tocantins – Cana Brava, com 450 MW, em Goiás; e São Salvador, com 243 MW, no Tocantins.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Leia a Biblia
"Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto ".Isaias 55:6
"Felicidade é a harmonia entre pensar, falar e agir. Meu Senhor… Ajuda-me a dizer a verdade diante dos fortes e a não dizer mentiras para ganhar o aplauso dos débeis.” Mahatma Gandhi

POSTAGENS MAIS VISITADAS: