CLIQUE E CONHEÇA A ATUAÇÃO DO VEREADOR MAGNO LIMA, "O TRABALHO QUE VOCÊ VÊ"

segunda-feira, 11 de junho de 2012

AÇAILÂNDIA E SANTA LUZIA LIDERAM O 'RANKING' DO TRABALHO ESCRAVO NO MA

RELATÓRIO DA PASTORAL DA TERRA

Riachão aparece no relatório de 2011 da CPT com 1 fazenda denunciada e 20 trabalhadores envolvidos na denúncia. 

Os municípios de Açailândia e Santa Luzia do Tide (ambos no oeste do Maranhão) são os campeões em denúncias de trabalho escravo no estado, segundo o relatório anual “Conflitos no Campo - Brasil 2011”, divulgado há pouco mais de uma semana pela Comissão Pastoral da Terra (CPT).

Açailândia aparece no relatório com cinco fazendas denunciadas e 39 trabalhadores envolvidos na denúncia, enquanto Santa Luzia registra quatro propriedades denunciadas e 49 trabalhadores envolvidos.

As propriedades denunciadas em Açailândia, segundo a CPT, são Fazenda Paraíso/Santa Maria; Fazenda Barro Branco; Fazenda Boa Vista; Fazenda Maralina e Fazenda Novo Horizonte.
Em Santa Luzia, aparecem no relatório da CPT as fazendas do Pedro Mídio (ou Antônio Emídio); Água Boa; do Antônio Rocha e Palmeiras.

Além de Açailândia e Santa Luzia, também constam no item “trabalho escravo” do relatório da CPT de 2011 outros 10 municípios maranhenses: Bom Jardim (duas fazendas denunciadas), Bom Jesus das Selvas (duas denúncias), Itinga do Maranhão (duas), Maracaçumé (duas), Carutapera (uma), Peritoró (uma), Riachão (uma), São João do Caru (uma), São Mateus (uma) e Tufilândia (uma).

A CPT constatou que, em 2011, 259 trabalhadores foram envolvidos nas 23 denúncias de trabalho escravo apuradas no Maranhão. Mais de 100 lavradores em condição análoga à escravidão foram libertados – entre eles, sete menores de 18 anos.

Os menores resgatados trabalhavam em fazendas de São João do Caru (3), Bom Jardim (2), Bom Jesus das Selvas (1) e Santa Luzia do Tide (1).

O relatório da Pastoral apontou, ainda, que a maior parte das vítimas de trabalho degradante no Maranhão, em 2011, realizava tarefas de “roço de juquira”.

Trata-se da retirada de arbustos, ervas daninhas e outras plantas indesejáveis de uma área de cultivo.

Há casos em que, além da poda manual, utiliza-se a aplicação de veneno. Para a realização desta atividade, os trabalhadores devem receber equipamentos de proteção, como máscaras, óculos, luvas e roupas especiais.

Outros conflitos – De acordo com a CPT, além dos 23 conflitos trabalhistas (trabalho escravo), o Maranhão registrou, no ano passado, quatro conflitos pela água e 224 conflitos por terra – total de 251 conflitos.

Os 224 conflitos por terra no Maranhão, em 2011, colocaram o estado no primeiro posto do relatório da CPT, seguido por Pará (125), Bahia (98), Pernambuco (60) e Rondônia (55).

Em conflitos por trabalho (23 casos), o Maranhão tinha, no ano passado, o 4º maior quantitativo do país, atrás apenas de Goiás (27 casos), Tocantins (40) e Pará (51).

DENÚNCIAS DE TRABALHO ESCRAVO NO MARANHÃO

AÇAILÂNDIA (5)
Fazenda Paraíso/Santa Maria (30/6/2011; 14 trab. na denúncia; 19 libertos; cerca, roçagem e agrotóxicos)
Fazenda Barro Branco (28/5/2011; 11 trab. na denúncia; 11 libertos; pecuária)
Fazenda Boa Vista (24/2/2011; 5 trab. na denúncia; roçagem)
Fazenda Maralina (17/3/2011; 6 trab. na denúncia; roçagem)
Fazenda Novo Horizonte (3/5/2011; 3 trab. na denúncia; roçagem)

SANTA LUZIA DO TIDE (4)
Fazenda do Pedro Mídio ou do Antônio
Emídio (5/7/2011; 5 trab. na denúncia; 6 libertos;1 menor; roçagem)
Fazenda Água Boa (21/1/2011; 5 trab. na denúncia; roçagem)
Fazenda do Antônio Rocha (20/5/2011; 9 trab. na denúncia; roçagem e agrotóxicos)
Fazenda Palmeiras (30/11/2011; 30 trab. na denúncia; 7 libertos; roçagem)

BOM JARDIM (2)
Fazenda Boa Vista (8/4/2011; 8 trab. na denúncia; roçagem, cerca e pecuária)
Fazenda Santa Gertrudes (27/6/2011; 25 trab. na denúncia; 2 menores; roçagem)

BOM JESUS DAS SELVAS (2)
Fazenda Córrego do Açaí (5/4/2011; 15 trab. na denúncia; roçagem
Fazenda do João dos Porcos (20/7/2011; 4 trab. na denúncia; 1 menor; milho)

ITINGA DO MA (2)
Fazenda Bom Jardim/Santa Rita (8/6/2011; 6 trab. na denúncia; 4 libertos; roçagem)
Fazenda Ipuí (11/8/2011; 3 trab. na denúncia; roçagem e cerca)

MARACAÇUMÉ (2)
Fazenda Água Limpa (3/8/2011; 4 trab. na denúncia; 4 libertos; pecuária)
Fazenda Entre Rios (25/3/2011; 16 trab. na denúncia; 16 libertos; pecuária)

CARUTAPERA (1)
Fazenda Triângulo (15/10/2011; 8 trab. na denúncia; 1 liberto; desmatamento)

PERITORÓ (1)
Fazenda São Pedro (6/6/2011; 3 trab. na denúncia; 3 libertos; pecuária)

RIACHÃO (1)
Fazenda Rio Verde (27/6/2011; 20 trab. na denúncia; roçagem)

SÃO JOÃO DO CARU (1)
Fazenda Asa Branca 1 e 3 (26/1/2011; 20 trab. na denúncia; 20 libertos; 3 menores; roçagem)

SÃO MATEUS DO MA (1)
Fazenda Outeiro (26/8/2011; 10 trab. na denúncia; 10 libertos; pecuária)

TUFILÂNDIA (1)
Fazenda Gavião (27/6/2011; 29 trab. na denúncia; roçagem)


Fonte: Relatório “Conflitos no Campo - Brasil 2011”, da Comissão Pastoral da Terra (CPT)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Leia a Biblia
"Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto ".Isaias 55:6
"Felicidade é a harmonia entre pensar, falar e agir. Meu Senhor… Ajuda-me a dizer a verdade diante dos fortes e a não dizer mentiras para ganhar o aplauso dos débeis.” Mahatma Gandhi

POSTAGENS MAIS VISITADAS: