CLIQUE E CONHEÇA A ATUAÇÃO DO VEREADOR MAGNO LIMA, "O TRABALHO QUE VOCÊ VÊ"

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

"JN NO AR" MOSTRA COMO É A VIDA DOS MORADORES EM VARGEM GRANDE - MA

Do blog:Vargem Grande On-line

A equipe do “JN no Ar”, quadro itinerante do Jornal Nacional (Rede Globo) que visita os Estados para avaliar como estão sendo administrados os serviços essenciais ao cidadão, esteve dia 18, pela manhã, em Vargem Grande. O objetivo da reportagem é comparar às cidades de Vinhedo-SP e Vargem Grande-MA, em relação aos dados divulgados pelo IBGE na qual o Maranhão é o estado com o menor rendimento médio do país, enquanto que Vinhedo-SP é considerada o 12º em rendimento do país.
A equipe do JN no Ar esteve primeiro no Maranhão, em seguida  em São Paulo. A matéria foi exibida nesta sexta-feira (18) no Jornal Nacional com reportagem de Lília Telles com apoio da TV Mirante.
Nas palavras da própria Rede Globo, o Estado do Maranhão, é estado que tem o menor rendimento médio do país, algo em torno de R$ 370. Em São Paulo, a equipe irá para Vinhedo, conhecer os mecanismos que levaram a cidade ao 12º melhor rendimento do Brasil.

Em Vargem Grande, na quinta (17), dia em que antecedeu a reportagem foi grande o movimento por parte da equipe de governo do Prefeito Dr. Miguel. Passando agora pouco (22h00) próximo a Secretaria Municipal de Educação, observei que havia uma grande articulação por parte da equipe técnica da SEMED para tentar maquiar a realidade que o município vive, e não foi diferente do Hospital Benito Mussoline, havia uma equipe de mais ou menos 10 funcionários do Hospital, lavando a calçada, as paredes etc... Até o caminhão pipa estava lá abastecendo os reservatório do Hospital, afirma o administrador do Vargem Grande On-Line.

Eita que a noite pareceu ser longa para quem estava trabalhando para deixar tudo limpo, e curta para aqueles que  tentaram arrumar a cidade em uma noite.
O JN no Ar mostra a dura realidade de Vargem Grande. Miséria extrema além de seus vizinhos que também são pobres. Imagens de fome, seres humanos sedentos, escolas casebres. Cenas que trazem um misto de revolta e pena.
As respostas das autoridades não foram além de confissão de culpa: o prefeito justificou que depende exclusivamente de repasses federais e estaduais, como se isso não fosse grande sinal de incompetência das elites locais; o governo do estado – por meio de nota – declarou que o infortúnio acontece porque as famílias têm muitos filhos e moram no interior, quando tal desculpa só aponta para o fracasso de políticas públicas – como planejamento familiar e estratégias contra a exclusão no meio rural – que por décadas esperam ação de um grupo que domina a inércia oficial e impede a renovação quase meio século.
Acompanhe a reportagem no vídeo abaixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Leia a Biblia
"Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto ".Isaias 55:6
"Felicidade é a harmonia entre pensar, falar e agir. Meu Senhor… Ajuda-me a dizer a verdade diante dos fortes e a não dizer mentiras para ganhar o aplauso dos débeis.” Mahatma Gandhi

POSTAGENS MAIS VISITADAS: